Impressora contínua de jacto de tinta

Imprime sem qualquer contacto

Marcação sem contacto

As impressoras de jacto de tinta são equipadas com diversa tecnologia e são usadas para marcação de pequenos ou grandes caracteres, dependendo da tecnologia. O método de jacto de tinta contínuo é usado principalmente na indústria, enquanto o DOD ou "drop-on-demand" pode ser configurado como um piezo, válvula de pressão ou impressora "bubble jet".

Método de jacto de tinta contínuo

Com o método de jacto de tinta contínuo, os caracteres impressos são compostos por gotas individuais de tinta. O movimento de alimentação do produto é utilizado para pulverizar os números ou letras, uns após os outros, sobre o produto. Trata-se de um processo sem contacto, isto é, sem contacto com o produto. Actualmente, este método de marcação é utilizado com maior frequência no mercado para imprimir datas de validade, como as que se encontram nos frascos de iogurte ou garrafas de bebidas.

Divisão em gotas individuais

O jacto de tinta sai da cabeça de impressão através de um bocal e é descarregado através do conversor piezoeléctrico localizado atrás do bocal. Um sinal ultrassónico com uma frequência fixa é gerado e divide o jacto de tinta em pequenas gotas. Dependendo da voltagem, o jacto de tinta de fluxo único é alterado para gotas de tinta que se separam do fluxo e se dividem em pequenas gotas individuais.

Reciclagem de tinta não usada

Quando as gotas de tinta deixam o túnel de carga, cada uma delas passa por uma placa de deflexão. A placa de deflexão com carga positiva atrai a gota de tinta com carga negativa e faz com que esta deflicta do seu caminho original. O grau de deflexão depende do nível de carga negativa na gota de tinta: quanto mais elevada for a carga, maior será a deflexão. As gotas sem carga seguem a sua trajectória directa para o bloco de retorno e constituem o regresso ao módulo de tinta para reutilização.

Da gota ao texto

As fontes de caracteres são compostas por uma matriz que compreende impulsos verticais de gotas de tinta. Por exemplo, cinco impulsos verticais, cada um dos quais com uma altura de até sete gotas, formam um carácter numa fonte com uma matriz de 5 x 7. O nível da carga numa gota de tinta determina a sua posição no impulso vertical. Com o movimento das superfícies em impressão, a impressora assegura o alinhamento horizontal dos impulsos, cujo tempo é, também, controlado automaticamente.

"Drop-on-demand"

Com o método "drop-on-demand", em vez de um jacto de tinta, apenas de produzem as gotas necessárias à impressão. Com o método "bubble jet" utiliza-se tinta com base aquosa. A água é aquecida até que se formem bolhas e a tinta é forçada a passar através do bocal numa pequena bolha. Com a tecnologia das impressoras piezo, gera-se uma tensão eléctrica que faz com que os cristais piezo se expandam e que a tinta de impressão passe através de um fino bocal. O volume da gota é regulado através de um impulso eléctrico. 

As impressoras de válvula de pressão são usadas apenas em aplicações industriais. As válvulas, integradas nos bocais, só se abrem quando a tinta tem de deixar o bocal.

  • Sem bloqueio do bocal devido ao fluxo contínuo de tinta
  • Marcação com secagem rápida
  • Altas velocidades
  • Apropriado à marcação com pequenos caracteres
  • alta resolução

Contact Us

Sales and Customer Service:
800-843-3610

Technical Support:

800-VIDEO-10